Pesquisa mostra o que ocorreria em confronto Lula x Bolsonaro nas eleições

Continua após publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-presidente Jair Bolsonaro ((Evaristo Sa/AFP/Marcos Corrêa/PR)/PR)
Continua após publicidade

Levantamento do Paraná Pesquisas divulgado nesta semana aponta que, se a eleição para presidente da República fosse hoje, haveria um empate técnico entre o atual ocupante do cargo, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e seu antecessor, Jair Bolsonaro (PL). Evidentemente, a pesquisa fala de um cenário hipotético — como se sabe, o ex-presidente estar inelegível por duas decisões do Tribunal Superior Eleitoral. A sondagem foi feita a pedido do PL para quantificar a popularidade de Bolsonaro em confronto direto com Lula.

A sondagem perguntou aos eleitores em quem eles votariam se a eleição fosse hoje. E apresentou uma lista com os nomes de Lula, Bolsonaro, Ciro Gomes (PDT), Ratinho Júnior (PSD), Romeu Zema (Novo), Ronaldo Caiado (União Brasil) e Helder Barbalho (MDB).

Entre os entrevistados, 36,9% disseram que votariam em Lula e 33,8% declararam intenção de voto em Bolsonaro. A diferença entre as duas liderenças que protagonizam a polarização política no país é de 3,1%, dentro da margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais e para menos. Na eleição de 2022, Lula venceu Bolsonaro por uma diferença de 1,8% dos votos computados.

Na pesquisa do Paraná, Ciro Gomes aparece em terceiro com 7,8%. Em seguida aparecem os governadores testados: Ratinho Jr. (3,9), Romeu Zema (3,9%), Ronaldo Caiado (1,2%) e Helder Barbalho (0,8%).

O Paraná Pesquisas ouviu 2026 eleitores em 26 Estados e no Distrito Federal entre os dias 24 e 28 de janeiro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais e para menos. a taxa de confiança é de 95%.

Pesquisa mostra o que ocorreria em confronto Lula x Bolsonaro nas eleições

COMENTÁRIOS